VASOS NAS MÃOS DE DEUS
VASOS NAS MÃOS DE DEUS
– Você quer ser vaso nas mãos de Deus?
– Se a resposta for sim, entenda e obedeça alguns princípios da Palavra de Deus:
1) Vaso não tem vida própria:
– Quem manda no vaso é o seu dono (se o dono do vaso esconde o vaso, ele fica lá, se o dono coloca o vaso aqui ou acolá, ele fica)!
– Portanto, devemos morrer para nós mesmos e para nossos desejos carnais e obedecer a vontade de Deus sempre, por mais que as vezes seja difícil! (Romanos 12.2, Gálatas 2.20);
2) Ser vaso é ser moldado por Deus:
– Deus é o nosso oleiro, foi ele quem nos formou, por isso, Ele sabe como trabalhar em nossas vidas e sabe o que é melhor para nós.
– Devemos dar toda liberdade para Deus nos quebrar (o que muitas vezes é dolorido), nos refazer e nos moldar de acordo com a vontade dEle (Jeremias 18.4; Romanos 9.21).
3) Você é feito de barro:
– Somos vasos de barro, somos frágeis e, diante da sociedade, não temos muito valor, mas dentro de nós temos o Espírito Santo de Deus, que é precioso e opera milagres e maravilhas por meio de nós.
– “Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós.” (2 Coríntios 4:7).
– Portanto, devemos ter humildade e reconhecer que os milagres e maravilhas são operados por meio da Graça de Deus e para a Glória de Deus e que nós somos um simples “canal” (vasos) usado por Deus.
4) Seja vaso de honra, não de desonra:
– Temos que ser vasos de honra, e não de desonra (devemos evitar os falatórios, as contendas, as falsas doutrinas, os laços do diabo, etc.).
– Devemos nos apresentar a Deus como obreiros mansos e aprovados, sem ter do que nos envergonharmos, manejando bem a palavra da verdade (2 Timóteo 2.20,21 e contexto)!
Veja também:  ANDANDO NA PRESENÇA DE DEUS (Gênesis 17:1)